Arquivo da tag: dossiê mauá

Dossiê – finalmente!

Gente boa,

finalmente terminamos o bendito dossiê. Nele, juntamos as informações sobre o prédio e a ocupação que julgamos ser importantes para a realização do nosso trabalho. São 50 páginas com informações e documentos sobre a dívida do prédio, zoneamento, histórico, problemas estruturais e de sistemas etc.

Foi um grande esforço obter todos os dados (principalmente as plantas, que foram levantadas por nós quase que totalmente) e queremos que o resultado desse trabalho, desde já, não fique restrito a seus autores e autoras, mas que se dissemine e possa se replicar por tudo que é canto.

Agora, vamos partir de fato para realização do projeto de reabilitação. Já ensaiamos algumas coisas, mas nada ainda muito definido.

O dossiê pode ser visto e baixado aqui! Leiam, comentem e nos falem o que acharam! Vamos imprimir umas cópias e deixar na ocupação nesta semana.

Bom final de semana e vamos voando!

Anúncios
Etiquetado , , ,

Finalizando as medições e indo pra frente

Olá, minha gente!

Ficamos alguns bons dias sem postar nada aqui, né?

Estamos dando um corre no levantamento das plantas as built, isto é, de como o prédio está hoje. Desde de sua construção, muitas coisas mudaram, e para propormos um projeto vamos precisar de plantas atuais. Já levantamos, usando trenas de fita e a laser (obrigado, Waldir!), as partes externas de todos os pavimentos (corredores e áreas comuns), e agora estamos finalizando os levantamentos dentro dos apartamentos. Carinhosamente pedimos permissão para fazer as medidas dentro dos lares, e já aproveitamos e falamos melhor sobre nosso projeto.

Sobre o dossiê: deixamos uma cópia preliminar com o pessoal da ocupação para que eles revisem, coloquem outras coisas e nos ajudem a escrevê-lo. Outros parceiros nossos irão também nos ajudar a completá-lo, e o quanto antes vamos terminá-lo. Assim que tivermos essas revisões e os desenhos (plantas) prontos, colocaremos o bendito documento aqui.

Ah, e temos um indicativo de apresentação parcial do trabalho para o dia 28/6, às 15h15, na Poli. Bora todo mundo assistir, porque o projeto é de todos! Mais informações em breve, mas já fica o convite a TODO MUNDO.

E valeu ao pessoal da ocupa, ao Yago (Poli), ao Waldir e ao Pierre pela força e apoio que tão dando ao nosso trabalho. Esperamos que realmente consigamos fortalecer essa luta!

Terminando com Chico Science: “e com bucho mais cheio comecei a pensar: que eu me organizando, posso desorganizar; que eu desorganizando, posso me organizar; que eu me organizando, posso desorganizar.”

Abraços!

Etiquetado , , , , ,

Dossiê Mauá

Vamos, nesta semana, encerrar e publicar o “Dossiê Mauá“. Ele será um subproduto do nosso trabalho e vai conter uma série de informações compiladas sobre a ocupação e o edifício; material esse que não existe hoje. Incluiremos informações que vão desde a dívida de IPTU (e onde e como consultá-la) e histórico da ocupação até às condições estruturais e dos sistemas hidráulico e elétrico do prédio. Esperamos que esse produto possa ser útil aos atuais moradores da ocupação, como ferramenta de pressão política; a estudantes e profissionais que futuramente desejem trabalhar no prédio; ao poder público, que talvez pense em realmente produzir HIS; e a todos os que se interessarem pela ideia e querem saber mais.

Falando em dívida, pra quem quiser consultar a do prédio, clique aqui, escolha IPTU/CONTRIBUICÃO DE MELHORIA/TRSD e entre com o número de contribuinte 001-019-0082-1. Esses números são a identificação SQL (Setor/Quadra/Lote) do prédio. Pra quem achar que colocamos um SQL de um outro prédio endividado só pra falar mal do dono, confira aqui, no CIT – Cadastro de Imóveis Tombados, com o mesmo SQL, o endereço do prédio.

Grande abraço!

Etiquetado , ,

Apresentação e novos passos

Um salve, gente boa!

Ontem (segunda-feira, dia 14/5), apresentamos a outros grupos de TF e a alguns professores nosso trabalho, lá na Poli-USP. Montamos uma apresentação no Prezi (que você verá lá embaixo) para fornecer um recurso visual durante a fala. Desça lá e cheque a apresentação; talvez deixe mais claro a você nossas ideias.

Entre os toques dados pelos professores, em especial a professora Mércia, foi-nos recomendado avaliar bem quais são as linhas de financiamento possíveis para viabilizar economicamente nosso projeto. Em nossas pequisas, verificamos que o PAR – Programa de Arrendamento Residencial, que é Federal, tem sido o mais utilizado para a produção de HIS (Habitação de Interesse Social) em regiões centrais de grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, principalmente porque nessas metrópoles o custo dos terrenos é muito alto. A professora, que tem experiência na área de reabilitação de edifícios em regiões centrais, alertou-nos de que o PAR é bastante restritivo quanto às especificações de projeto, e que temos de estar atentos desde o início a isso.

Agora que já consolidamos razoalvelmente bem alguns estudos mais gerais, realizamos diversos encontros no prédio e estamos estreitando nossas relações com os moradores e entendendo melhor o contexto da ocupação, vamos nos dedicar à pesquisa de linhas de financiamento e pretendemos esboçar algumas ideias nas plantas do prédio.

Ah, e em breve vamos terminar o que chamamos de “Dossiê Mauá”, que trará uma compilação de informações técnicas, jurídicas e históricas do prédio. Será um subproduto do nosso trabalho, ficando à disposição dos movimentos, de estudantes, de profissionais da área, da prefeitura e de todo mundo que tiver paciência para dar uns cliques e baixá-lo.

E faça chuva ou faça sol, continuamos!

Grande abraço!

Etiquetado , , , ,